Apresentação

A diáspora africana – movimento de dispersão forçada de milhões de negras e negros durante o comércio atlântico de escravizados – povoou as Américas com tecnologia, instrumentos e obras da cultura material, religiosidade e valores civilizatórios vindos da África. Os temas ligados às relações entre o Brasil, as Américas e o continente africano são hoje fundamentais para a compreensão da estruturação da economia capitalista bem como suas dimensões contemporâneas, das questões relacionadas à cultura e identidade, das formas de exploração e opressão que operam a partir do racismo e das formas de resistência encampadas por lutas que os descendentes dessa diáspora encabeçam.

O projeto de formação de um Núcleo de Estudos e Pesquisas Afro Americanos tem por objetivo promover atividades relativas à pesquisa e estudo de temáticas que abordem a cultura negra e a política na África e nas Américas em espaços não apenas universitários, mas também extra acadêmicos, sejam eles políticos, econômicos, culturais e educacionais. Da aglutinação de pesquisadores de diferentes áreas do conhecimento no tratamento de problemáticas voltadas para a pesquisa das matrizes africanas e afroamericanas e suas produções, buscamos consolidar tais estudos na sociedade brasileira, facilitar o acessos a fontes e sistematizar possibilidades teóricos-metodológicas.